Início Política Tribunal de Contas assina acordo sobre desenvolvimento institucional e recebe garantia de formação de quadros angolanos em São Paulo

Tribunal de Contas assina acordo sobre desenvolvimento institucional e recebe garantia de formação de quadros angolanos em São Paulo

por Redação

O Juiz Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas de Angola assinou um memorando no âmbito do 35º aniversário do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, Brasil, que engloba matérias ligadas ao desenvolvimento institucional e o aperfeiçoamento técnico, científico e formação de recursos humanos.

O Presidente do Tribunal de Contas de Angola, Dr. Sebastião Domingos Gunza, integrou o leque de convidados de honra que participaram nas comemorações do 35º Aniversário do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, Brasil.


O Dr. Sebastião Gunza, acompanhado pelos Juízes Conselheiros dos diferentes Tribunais do Brasil e do Tribunal de Contas de Portugal, referiu que é fundamental a aproximação dos Tribunais dos países da comunidade lusófona.


Os contactos, reforçou, acrescentam valor à actividade de controlo externo, tendo como base os princípios do Estado Democrático de Direito, sublinhando os fortes laços ancestrais, que unem particularmente Angola e o Brasil.


Na ocasião, foi assinado um acordo de cooperação entre o Tribunal de Contas de Angola e o Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, que engloba matérias ligadas ao desenvolvimento institucional e o aperfeiçoamento técnico, científico e formação de recursos humanos.


Igualmente, o Presidente do Tribunal de Contas dos Municípios de São Paulo, Eduardo Tuma, garantiu durante a visita de cortesia da delegação do Tribunal de Contas de Angola, liderada pelo Juiz Presidente Sebastião Domingos Gunza, que Angola poder´formar quadros naquele país.


O encontro solicitado pela parte brasileira foi a oportunidade para o Conselheiro Eduardo Tuma, manifestar o interesse da instituição que dirige em formar quadros do Tribunal de Contas de Angola, na Escola Superior de Gestão e Contas Públicas (EGC) do Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCMSP), que dispõe de cursos de especialização em pós-graduação e formações intensivas de curta duração.


As delegações dos respectivos tribunais concordaram em continuar os contactos, ao nível técnico, para avaliar as opções no quadro de um acordo de cooperação que será assinado entre Agosto e Setembro, em Luanda.


Depois do Tocantins e São Paulo, a delegação angolana, terminou a visita de trabalho ao Brasil com a participação, na SAl20 Summit, em Belém, no Estado do Pará.

Poderá também achar interessante