Início Sociedade Viana: População do bairro Capalanga contemplada com chafarizes

Viana: População do bairro Capalanga contemplada com chafarizes

por Redação

O administrador municipal de Viana, Fernando Eduardo Manuel, inaugurou esta terça-feira, 02 de Março, alguns chafarizes no bairro do Capalanga, em Viana, província de Luanda.

Victor Kavinda

O coordenador da comissão de moradores daquela circunscrição, Manuel Ribeiro, agradeceu a iniciativa da administração ao colocar chafarizes em algumas ruas, visto que já estavam há oito anos carentes do líquido precioso para o bem-estar da população ali residente.

Para a senhora Cristina Augusto, a alegria é tanta por ver a água mais próxima da sua casa, visto que ficaram muitos anos sem o mesmo. A nossa interlocutora disse ainda que aquele bairro carece de várias coisas para o bem da comunidade, como escolas, hospitais, energia eléctrica, vias de acesso e esquadras policiais.

Por seu turno, o administrador municipal Fernando Eduardo Manuel, realçou que que aquela população ficou muito tempo sem possuir água potável e espera fazer muito mais, visto que falta tantos outros meios sociais para satisfazer os desejos dos moradores do bairro Capalanga. 

Por outro lado, o governante disse que a energia eléctrica, as vias de acesso que têm sido muito difíceis na época chuvosa, dificultando e limitando a população de circular, são problemas a sr brevemente solucionados, tam como o da criminalidade que cresce a cada dia que passa, com a abertura, nos próximos tempos, de algumas esquadras policiais.

Fernando Manuel lamentou o facto de que a população do bairro do Capalanga consumia água proveniente da estação de tratamento de águas residuais do Sequele que é um líquido impróprio para o consumo humano.

«Para acabar com este mal foram construídos e reabilitados alguns chafarizes que estão ligados à rede de abastecimento de água potável e tratada para o consumo e a mesma vai beneficiar mais de 7 mil moradores do bairro Capalanga», explicou o administrador de Viana.

Poderá também achar interessante