Início Sociedade Trabalho da IGAE reconhecido: Inspector-Geral do Estado convidado a visitar o Reino Unido

Trabalho da IGAE reconhecido: Inspector-Geral do Estado convidado a visitar o Reino Unido

por Redação

Britânicos querem troca de experiências no combate à corrupção e boa governação. O Reino Unido quer transmitir a Angola a sua experiência no combate à corrupção e no estabelecimento de mecanismos para o reforço da transparência e boa governação.

A intenção foi manifestada recentemente pela embaixadora britânica em Angola, ao Inspector-geral da Administração Geral do Estado, Sebastião Gunza.
A diplomata convidou a Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE) a visitar o Reino Unido, para estreitar relações com instituições congéneres. O objectivo é conhecer o funcionamento dos mecanismos de transparência, boa governação, combate à corrupção e, também, alguns detalhes que possam implementar os trabalhos realizados pela IGAE, segundo o Inspector-geral, Sebastião Gunza.
«Há todo um interesse do mundo em estabelecer relações de cooperação com as instituições nacionais, principalmente com aquelas ligadas à transparência, ao combate à corrupção e à boa governação», disse o Inspector-geral, sublinhando que Angola está a ser reconhecida, no mundo, por causa das reformas que está a implementar há três anos.
Realizado no edifício da IGAE, o encontro ocorreu um dia depois da publicação do índice de reputação dos países da agência de comunicação britânica ‘FutureBrand’, que coloca Angola no 32º lugar, uma subida de 37 posições, em apenas um ano.
A agência reconhece que a transição política e uma nova projecção mundial ajudaram Angola a sair da posição 69, onde esteve no ano passado, para a 32, superando países como o Brasil, Argentina, Grécia e China. «Para nós, isto constitui motivo de regozijo e de reconhecimento pelo trabalho que vimos realizando», disse o Inspector-Geral da Administração do Estado.
O índice da ‘FutureBrand’ baseia-se numa lista dos países que representam os 75 líderes em termos de Produto Interno Bruto (PIB), segundo os critérios do Banco Mundial, e ordena-os de acordo com a imagem e reputação que têm internacionalmente. A classificação foi feita a partir de um questionário a 2.500 profissionais qualificados que viajam frequentemente.

Poderá também achar interessante