Início Sociedade Promotores de festa no Nzeto detidos por desobediência e violação à “Situação de Calamidade Pública”

Promotores de festa no Nzeto detidos por desobediência e violação à “Situação de Calamidade Pública”

por Redação

Dois cidadãos nacionais (promotores de festa), com idades entre os 24 e 30 anos, foram detidos na noite de segunda-feira (26.10) na vila do Nzeto, província do Zaire, por desobediência as medidas de prevenção e combate à Covid-19.
Segundo o Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, em nota enviada à Angop, os acusados foram detidos por volta das 23 horas em flagrante.
«Antes foram advertidos pela Polícia Nacional para suspender a festa, mas pela insistência e afronta às autoridades, os acusados entenderam conviver na via pública, juntando mais de 50 pessoas», lê-se na nota.
Os dois supostos promotores de festa, lê-se no comunicado, foram conduzidos na manhã desta terça-feira (27.10) ao piquete do Comando Municipal do Nzeto para o devido tratamento.
O novo Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública, com vigência de 30 dias, destaca, entre outros, a proibição de ajuntamentos de mais de cinco pessoas, tipificado com crime de Desobediência.
A província do Zaire conta com 230 casos, 107 activos e 123 recuperados.

Poderá também achar interessante