Início Sociedade Projecto solar Quilemba conta com a parceria da Sonangol, Total Eren e Greentech

Projecto solar Quilemba conta com a parceria da Sonangol, Total Eren e Greentech

por Redação

A petrolífera Sonangol, a Total Eren e a Greentech – Angola Environment Technology, anunciaram quinta-feira (14) que celebraram um acordo de parceria para o projecto solar Quilemba, de 35 megawatts-pico (MWp), em Angola

Segundo um comunicado conjunto, a Sonangol, a Total Eren e a Greentech assinaram, em 08 de Outubro, “o acordo de parceria para a central solar fotovoltaica de Quilemba, localizada no Lubango, capital da província da Huíla”.
Assim, “a Sonangol terá uma participação de 30% no projecto solar Quilemba (“Quilemba Solar”), enquanto a Total Eren e a Greentech deterão 51% e 19%, respectivamente”, adianta a nota.
A parceria “será fundamental” para a finalização, desenvolvimento e implementação do projecto, que quando entrar em funcionamento, “permitirá poupanças significativas de combustível líquido, se comparado com as centrais térmicas existentes, e aumentará a capacidade de produção de energias limpas no sul de Angola, em linha com a forte ambição do país para o sector das energias renováveis”, acrescenta.
“A assinatura deste acordo representa, por um lado, o fortalecimento da parceria com a TotalEnergies em Angola e a Greentech e, por outro, o engajamento da Sonangol para a transição energética no país e para as preocupações ambientais e de sustentabilidade energética”, afirmou Maria A. Correia, da comissão executiva da Sonagás, citada no comunicado.
“Estamos muito satisfeitos por receber a Sonangol no projecto ‘Quilemba Solar’ que estamos a desenvolver com o nosso parceiro Greentech em Angola. Acreditamos que podemos trabalhar juntos de forma mais eficaz no fornecimento de eletricidade de baixo carbono, renovável e competitiva ao povo angolano”, salientou a vice-presidente executiva da Total Eren, Fabienne Demol.
Jorge Salvador, executivo e cofundador da Greentech, considerou que “ter a Sonangol no projecto ‘Quilemba Solar’ irá criar sinergias adicionais no desenvolvimento conjunto e será uma força adicional para acelerar os esforços de transição energética em Angola”.
Criada em 2012, a Total Eren desenvolve, financia, constrói e opera centrais de produção de energia renovável (solar, eólica, hídrica) representando um volume bruto de mais de 3.500 MW em operação ou em construção em todo o mundo.
Em África, a Total Eren tem um histórico de 151 MWp de centrais de energia solar actualmente em operação no Egito, Burkina Faso e Uganda. Além de Angola, a empresa está também a desenvolver projectos solares e eólicos na África subsaariana.
A petrolífera angolana Sonangol aprovou em 2020, no âmbito do seu programa de regeneração, a criação da Unidade Negócios de Gás e Energias Renováveis com o objectivo de desenvolver projectos que visam a produção de energias limpas. A Sonangol possui 50,6 MW no seu portfólio de geração de energia limpa.
A Greentech é uma empresa angolana, criada em 2012, cuja experiência resulta do envolvimento anterior na gestão de centrais térmicas (80 MW em Luanda).
A empresa atua desde 2016 na análise e desenvolvimento de projectos de energia renovável, estando agora a implementar várias instalações solares fotovoltaicas de pequena dimensão em todo o território angolano. (Observador)

Poderá também achar interessante