Início Sociedade Mais um caso na Huíla: Mulher mata a filha de 5 anos por crença em feitiço

Mais um caso na Huíla: Mulher mata a filha de 5 anos por crença em feitiço

por Redação

Um mulher, de 26 anos, matou a filha de 5 anos depois de receber orientação para matar um dos três filhos por crença em feitiço com o objetivo de ficar rica, na província angolana da Huíla

Uma mulher matou a filha, de 5 anos, por orientação de uma quimbandeira, a quem recorreu com o objectivo de ficar rica, informou segunda-feira (13) o Serviço de Investigação Criminal (SIC) na província da Huíla.

De acordo com o chefe de Departamento de Informação e Análise do SIC na Huíla, José Miúdo, o crime foi praticado no domingo e a mulher foi segunda-feira detida, depois de uma denúncia.

José Miúdo, citado pela Angop, referiu que a suspeita, de 26 anos, recorreu há algum tempo aos serviços de uma quimbandeira, para solicitar prosperidade, tendo a mulher recebido a orientação, sublinhou o oficial, para sacrificar um dos seus três filhos.

Segundo José Miúdo, cerca das 05h00 de domingo, no interior da sua residência, na localidade de Tchinhara, comuna do Cusse, município de Caconda, a suspeita estrangulou a filha de 5 anos, a segunda de três irmãos, de 7 e 2 anos.

Recorde-se que casos desta natureza são vezeiros na província da Huíla. No passado mês de Abril, o SIC anunciou, igualmente, que um cidadão de 22 anos de idade matou o seu filho de dois anos de idade, asfixiando-o, por crença em feiticismo!

Poderá também achar interessante