Início Sociedade IGAE promete combater “burocracia propositada” dos serviços públicos

IGAE promete combater “burocracia propositada” dos serviços públicos

por Redação

A Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE) vai combater os actos de “burocratização propositada” dos serviços públicos, praticados por agentes públicos, informou segunda-feira (25), no Luena, o Inspector-Geral da instituição, Sebastião Gunza

O responsável, que falava à imprensa no final da cerimónia de apresentação do delegado provincial da IGAE aos membros do governo e da sociedade civil do Moxico, disse que existem agentes públicos que dificultam o funcionalismo público, violando o estipulado no programa simplifica 1.0.

Sebastião Gunza prometeu que a Inspecção Geral da Administração do Estado vai seguir “milimetricamente” esses actos e sancionar os seus autores, adiantando que está em curso o processo de instalação dos serviços de Call Center (Central de Atendimento) nas diferentes províncias do país, com vista a permitir maior participação dos cidadãos com denúncias sobre práticas que lesam o Estado.

Por outro lado, lamentou o nível de desconhecimento sobre as legislações que regulam as actividades da Administração Pública por parte de certos agentes públicos.

Para se mudar este paradigma, disse, a IGAE vai continuar a intensificar mais acções de formação, com vista a capacitar os gestores, para que possam evitar erros que levam a actos de improbidade e a processos judiciais.

Recordou que a IGAE é um órgão que actua na prevenção da corrupção, promoção de boas práticas e da transparência, procurando contribuir para a educação e consciencialização dos funcionários públicos a observar a legalidade e respeito pelos bens públicos.

Por seu turno, o governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, afirmou que a instalação da IGAE na região “chegou em boa hora”, uma vez que vai ajudar a regularizar os trabalhos de inspecção e auditoria nas instituições públicas.

Ressaltou a importância das acções de formação, de modo a permitir que os agentes públicos fiquem alinhados com os propósitos do governo, que passam pelo combate à corrupção e uma melhor prestação dos serviços públicos.

Já o novo delegado provincial da IGAE, José Maria Amândio, assumiu o desafio de promover a melhoria da governação local, por via da intensificação de acções de sindicância e auditoria para que os órgãos administrativos cumpram com as suas responsabilidades institucionais.

Recorde-se que a IGAEA realizou no passado sábado (23), uma actividade análoga no Dundo, capital da Lunda Norte, no quadro das estratégias do sector viradas para a expansão da actividade inspectiva no país. (In Angop)

Poderá também achar interessante