Início Sociedade Angola na conferência internacional sobre agricultura no Vietname

Angola na conferência internacional sobre agricultura no Vietname

por Redação

Angola é um dos países convidados para a conferência internacional sobre o sector agrícola, entre vietnamitas e africanos, a realizar-se, em Setembro próximo, soube-se terça-feira (20), em Luanda

Falando à imprensa, à saída de um encontro com o presidente do Conselho de Administração da Agência de Investimento Privado e Promoção das exportações (AIPEX), António Henriques da Silva, o embaixador do Vietname em Angola, Vu Ngoc Minh, informou que Angola confirmou a sua participação.

Promovido pelos ministérios dos Negócios Estrangeiros e da Agricultura e Desenvolvimento Rural do Vietname, o evento vai abordar o incremento da cooperação no domínio da agricultura a nível de África.

“O PCA da AIPEX já confirmou a presença de uma delegação angolana ao certame”, afirmou o diplomata, sublinhando que a reunião serviu para analisar temas relacionados com investimento privado e oportunidades de exportação, entre os dois países.

Vu Ngoc Minh referiu que “as potencialidades de Angola são imensas e as mudanças positivas, que se observam no país, podem criar grande oportunidade para a cooperação bilateral”.

Por seu turno, António Henrique da Silva manifestou interesse na diversificação da economia do país, por via do crescimento das exportações e redução das importações.

O Vietname,  país localizado no Sudeste da Ásia, tem manifestado interesse em incrementar as relações comerciais com Angola, principalmente no sector agrícola, com foco na diversificação da economia nacional.

“O Vietname tem bons especialistas na formação de quadros e investigação científica e achamos que podemos manter o reforço da componente investigativa”, destacou o PCA da AIPEX.

A República Socialista do Vietname foi um dos primeiros países a reconhecer a independência de Angola, em Novembro de 1975, altura em que estabeleceram relações diplomáticas, e actualmente cooperam nos domínios da agricultura, saúde, educação e comércio.

A conferência será realizada em formato híbrido (virtual e presencial) e contará com a presença de várias organizações internacionais e empresas interessadas, como forma de fortalecimento dos laços multilaterais e troca de experiências entre os países participantes.

Poderá também achar interessante