Início Sociedade Agremiações juvenis comprometidas com  responsabilidade social

Agremiações juvenis comprometidas com  responsabilidade social

por Redação

O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) congratulou-se com as assinaturas do memorando entre as associações juvenis, Jovens Unidos Solidários e Associação Juvenil de Apoio aos Jovens Carentes (JURANTE), num  certame realizado recentemente em Luanda

Victor Kavinda

Os responsáveis da referida actividade divulgaram que têm como linha de força ajudar o governo no programa da irradicação da fome e da pobreza.

José Gombo, presidente da Associação Juvenil de Apoio aos Jovens Carente frisou que o  objectivo desta parceria com o CNJ é no intuito de  criar um programa “andar o país” que terá a responsabilidade social de levar bens alimentares às famílias que vivem em situações precárias à nível nacional, para mitigar as carências junto das várias comunidades no país. 

Para o presidente da Associação Jovens Unidos Solidário, Nicolau Bomas, os acordos rubricados vão dar força às acções sociais, frisando que está satisfeito com o desafio lançado pelas duas agremiações juvenis.

Por seu turno, Isaías Kalunga, presidente do  Conselho Nacional da Juventude (CNJ) disse que é oportuna a assinatura deste acordo entre os Jovens Unidos e a JUCARENTE.

“Nós aceitamos com satisfação este convite para apoiar a plataforma ora criada ‘andar o país’, que tem a nobre tarefa de ajudar as comunidades olhando para as questões de saúde e doar bens alimentares”, referiu, acrescentando que “vamos fazer votos de que os resultados deste memorando venham a tirar várias famílias da linha da fome e da pobreza e também incentivar o empreendedorismo”, concluiu.

Poderá também achar interessante