Início Política Presidente angolano felicita homólogo pelo dia dos EUA referindo que os dois países “estão no caminho certo” para “realizações conjuntas”

Presidente angolano felicita homólogo pelo dia dos EUA referindo que os dois países “estão no caminho certo” para “realizações conjuntas”

por Redação

O Presidente da República de Angola disse numa mensagem ao Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, que os dois países estão no “caminho certo” para “importantes realizações conjuntas”

O Presidente da República de Angola disse numa mensagem escrita de felicitações pelo dia da independência dos EUA, 4 de Julho, enviada ao seu homólogo norte-americano, que os dois países estão no “caminho certo” para “importantes realizações conjuntas”.
João Lourenço, endereçou uma mensagem de felicitações ao Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, por ocasião do dia da independência daquele país, que se celebrou domingo, 4 de Julho, enaltecendo os esforços feitos pelos dois países no sentido do “estreitamento contínuo” das suas relações.
“Os nossos dois países e Governos têm desenvolvido esforços genuínos no sentido do estreitamento contínuo das relações de amizade e de cooperação bilaterais, e quero, por isso, expressar a nossa convicção de que estamos no caminho certo, que nos conduzirá à construção de bases sólidas sobre as quais assentarão importantes realizações conjuntas, com benefícios recíprocos”, refere o Presidente angolano no texto da mensagem a que a Lusa teve acesso.
Na mensagem em nome do Executivo angolano, João Lourenço terminou o texto com “votos de bem-estar pessoal, de boa saúde e de prosperidade para o povo dos Estados Unidos da América”.
Nas palavras dirigidas a Joe Biden, o chefe de Estado angolano destacou “o exemplar percurso feito pelos Estados Unidos da América nestes poucos mais de dois séculos em que alcançaram conquistas grandiosas em todos os planos da vida nacional norte-americana”, projetando a “nação no mundo como uma incontornável referência em termos políticos, económicos, científicos e tecnológicos”. (In Lusa)

Poderá também achar interessante