Início Política Os homens entendem-se a conversar: UNITA apela ao diálogo para fim dos problemas

Os homens entendem-se a conversar: UNITA apela ao diálogo para fim dos problemas

por Redação

A UNITA apelou quarta-feira (10), em Luanda, ao diálogo para a resolução pacífica das reivindicações sociais dos cidadãos, face aos «trágicos acontecimentos» ocorridos, no dia 30 de Janeiro, na vila do Cafunfo, na província da Lunda-Norte.

O apelo consta de um relatório que a delegação do grupo parlamentar daquele partido produziu, no final da visita que efectuou a Cafunfo. O documento, de oito páginas, foi apresentado durante uma conferência de imprensa em que esteve o presidente do grupo parlamentar, Liberty Chiyaka.
O grupo parlamentar da UNITA apela à racionalidade e à responsabilidade de todos os titulares de cargos públicos e em particular os da esfera da Defesa e Segurança, no conteúdo e tom dos discursos que transmitem aos cidadãos.
Tal como havia defendido o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, o chefe do grupo parlamentar do partido reafirmou que o Presidente da República deve mandar fazer uma investigação para que casos como os de Cafunfo não voltem a acontecer.
Liberty Chiyaka informou que exemplares do relatório produzido pelo grupo parlamentar da UNITA vão ser enviados a órgãos do Estado como a Procuradoria-Geral da República e a Assembleia Nacional. *(Com agências)

Poderá também achar interessante