Início Política Kangamba desmonta planos sórdidos da UNITA em França e Portugal

Kangamba desmonta planos sórdidos da UNITA em França e Portugal

por Redação

O secretário itinerante do MPLA, Bento Kangamba, desbaratou os planos da UNITA (maior partido da oposição em Angola) que visavam mobilizar o maior número de cidadãos angolanos residentes no exterior, nomeadamente em Portugal e França, para votarem no “Galo Negro”

Bento dos Santos Kangamba volta a ser manchete demonstrando que é um verdadeiro “filho” do MPLA, ao protagonizar uma acção, que está a ser considerada em diversos meios angolanos, e não só, como de “grande arrojo” e um verdadeiro exercício de “diplomacia pró – activa”.

Tal se deve ao facto de, com o aproximar das eleições gerais a realizarem-se em 2022, os cidadãos angolanos residentes na diáspora vão poder exercer o seu direito de voto no próximo pleito eleitoral.

Assim sendo, o partido UNITA lançou-se à caça do voto dos angolanos em Portugal e França, usando, para conquistar simpatias, a desinformação, o aproveitamento da fragilidade psicológica das pessoas e a falsificação de dados sobre a realidade nacional e o desempenho do Presidente João Lourenço, mobilizando-os para se rebelarem contra as instituições nacionais, principalmente contra o partido no poder, o MPLA.

O plano da UNITA, visando agitar as comunidades no exterior, começou a criar desestabilização para ter protagonismo e “puxar” o maior número de aderentes para votarem no “Galo Negro”.

Senhor de vasta popularidade nas comunidades residentes em França, e também em Portugal, Bento Kangamba, fazendo uso da sua força mobilizadora, efectuou uma exaustiva campanha de sensibilização e de “diplomacia pró – activa” no terreno, desmontando toda a “estrutura” maquiavélica armada pela UNITA, frustrando os seus planos e garantindo que, em Angola, apesar dos pesares, ainda é o MPLA o partido mais organizado e o melhor preparado para resolver os problemas do povo.

Os demais partidos, incluindo a UNITA, têm que trabalhar mais, demonstrarem aos angolanos que são realmente capazes e organizarem-se. Não será com demagogias nem com planos sórdidos e maquiavélicos, agitando as populações para a violência, que vão vencer!

Kangamba pede à juventude e aos membros da sociedade angolana em geral que apoiem as iniciativas boas e que são positivas e apela à confiança no MPLA e no Presidente João Lourenço. MM

Poderá também achar interessante