Início Política O pior governante de 2020 General Pedro Sebastião

O pior governante de 2020 General Pedro Sebastião

por Redação

O Presidente da República, João Lourenço, a dada altura, no decorrer de 2020, ficou deveras agastado pela decepção de constatar que tem sido trapaceado por indivíduos em quem depositou toda a sua confiança.
Um deles, é o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança, general Pedro Sebastião, por este mostrar-se incapaz de gerir os principais dossiers sobre a segurança no país e dedicar mais atenção aos seus próprios negócios, muitos dos quais com cunho ilícito.
Logo no princípo da governação de João Lourenço, o nome do general Pedro Sebastião apareceu ligado ao primeiro grande esquema de corrupção da «nova era», na suposta companhia de aviação «Air Connection Express», que pela repercussão negativa a nível internacional, acabou por ser abolida por João Lourenço.
Já na qualidade de coordenador da Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19, levantaram-se suspeitas de aproveitamento com a facturação ilícita com testes da Covid-19, sobretudo quando, no mês de Julho. referiu que o Governo estava a gastar 50.000 kwanzas por dia com cada cidadão em quarentena, acrescentando que já tinhamcumprido quarentena institucional cerca de 6.000 angolanos.
Para o também ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião, metade destes cidadãos estiveram na capital, Luanda, e o tempo médio de permanência foi de 10 a 20 dias, com um custo elevado que rondará, só em Luanda, os três mil mihões de kwanzas (4,6 milhões de euros) sem contar com o que se gasta nas províncias, estimou na altura.
Ainda em relação à pandemia, houve o que se chamaou de «tentativa de golpe», ao Chefe de Estado, envolvendo também o ministro da Construção e outros, do «condomínio» inacabado, onde se pretendia instalar o centro de tratamento da pandemia da Covid-19, pela alegada quantia de 25 milhões de dólares.
O logro acabou por ser descoberto e aventou-se a hipótese da sua substituição na Casa de Segurança pelo general Miala. SP

Poderá também achar interessante