Início Política ADALBERTO USA DINHEIRO DA FAMÍLIA DOS SANTOS PARA REVITALIZAR ESTRUTURA PARTIDÁRIA

ADALBERTO USA DINHEIRO DA FAMÍLIA DOS SANTOS PARA REVITALIZAR ESTRUTURA PARTIDÁRIA

por Redação

O Presidente da Unita Adalberto Costa Júnior, venceu a corrida à liderança do partido, tornando-se no terceiro presidente, após o fundador Jonas Savimbi e Isaías Samakuva. Porém, a ala de Kamalata Numa, revela que a Unita de Adalberto da Costa é um projecto da Família dos Santos, com fim único de salvaguardar os interesses de quem está a sentir que os seus bens estão a ser arrestados num contexto do combate à corrupção.

Adalberto Costa Júnior conquistou 50% dos votos a mais em relação aos seus opositores, conforme previsto nos estatutos da União Nacional para a Independência Total de Angola (Unita), se sagrando vencedor e empossado terceiro Presidente deste partido. Mas, segundo informações credíveis, há vozes de mais velhos considerados autóctone na hierarquia do partido que se levantam até hoje, contra a eleição de Adalberto Costa Júnior, dentre os quais o General Kamalta Numa.

Alegam as fontes que, pese embora se tente passar à opinião pública a ideia de uma Unita forte e coesa, na verdade, a eleição de Adalberto Costa Júnior nunca foi bem-vinda para àquela Unita forte, sobretudo por se ter descoberto que a vontade de Adalberto candidatar-se à presidência da Unita ter que ver com o acordo firmado entre si e a Família dos Santos, isso em finais de Abril de 2017, meses antes deste receber os financiamentos de Isabel dos Santos que lhe levaram a sagrar-se vencedor do XIII Congresso ordinário do seu partido.

Isabel dos Santo em particular, se apercebendo das movimentações da Unita em ter Adalberto Costa Júnior favorável a sucessão de Samakuva, atendo-se de que estivessem a perder a hegemonia económica no País, estreita contacto permanente com o então presidente da Bancada Parlamentar da Unita, para convencê-lo de que era o potencial presidente em 2022 . Num universo de 960 eleitores, segundo uma fonte partidária, vozes da Ala do General Gato e de Sakala defendem que os resultados foram adulterados para dar vantagem a ACJ com objectivo de se manter no poder e salvaguardar os interesses econômicos da família dos Santos e companheiros caso a Unita vença as eleições previstas para 2022.

Outra hora criticava implacavelmente a família dos santos hoje é advogado deles que moral tem esse senhor para criticar alguém? É com esse lacaio que a unita quer governar o país? É a vergonha da unita esse indivíduo que nao é carne nem peixe mas sim camaleão.

Poderá também achar interessante