Início Economia Luta contra a corrupção: Responsável do IGAE solicita mais apoios do Estado

Luta contra a corrupção: Responsável do IGAE solicita mais apoios do Estado

por Redação

O inspector geral da Administração do Estado, tem defendido uma maior aposta na capacitação técnica e tecnológica dos profissionais do sector, numa medida que vai facilitar a detecção de práticas de corrupção. Sebastião Gunza tem demonstrado ser um acérrimo defensor da legalidade e do combate contra a corrupção

Por: Francisco Manuel

A Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE), não tem poupado esforços para levar avante a luta contra a corrupção, pelo que deve ser mais apoiada, assim como se deve apostar muito mais na capacitação técnica e tecnológica dos profissionais do sector, como medida para dar mais qualidade ao seu trabalho e facilitar a detecção de práticas de corrupção.  

O Inspector geral do IGAE, Sebastião Gunza, tem sido incansável no que toca ao combate à corrupção em Angola e afirma que, “querendo ou não, o combate à corrupção não vai parar. Não importa os actores. Sejam os que estão agora ou os que virão dentro de 100 anos”. 

Para o responsável pela Inspecção Geral da Administração do Estado, mais do que combater a corrupção, é fundamental cooperar com as instituições, num quadro preventivo.

Sebastião Gunza reconhece que existem hoje em Angola sinais claros de que a sociedade está mais moralizada para combater a corrupção, mas reconhece que se trata de um processo longo e que ainda carece de um aperfeiçoamento constante. 

No essencial, disse, o trabalho da Inspecção Geral da Administração do Estado tem sido o de exortar as entidades públicas a corrigirem eventuais irregularidades detectadas e encaminhar às instâncias competentes judiciais e criminais os diferentes processos para que estes sejam devidamente investigados. 

Sebastião Gunza tem visitado diversos países, mantendo encontros com entidades envolvidas na luta contra a corrupção. Espera que o governo lhe dê os devidos apoios para melhor contribuir no processo.

Poderá também achar interessante