Início Economia Empresas mineiras informadas sobre a necessidade do  domicílio fiscal

Empresas mineiras informadas sobre a necessidade do  domicílio fiscal

por Redação

As empresas mineiras sediadas na província da Lunda-Norte foram informadas, esta quarta-feira, 13, no Dundo, sobre  a importância e necessidade do domicílio fiscal, uma vez que das 41 empresas, 36 já se encontram transferidas para a Repartição Fiscal do Chitato.

A informação foi manifestada durante o primeiro encontro do Governo Provincial, a  ENDIAMA, empresas e projectos mineiros, presidido pela governadora provincial, Deolinda Satula Vilarinho, testemunhado pelo administrador da Empresa Nacional de Diamantes de Angola para a Área de Recursos Humanos e Exploração, Domingos Margarida.

Na ocasião, a governadora Deolinda Vilarinho, instou aos responsáveis das empresas no sentido de prestarem maior e atenção sobre a responsabilidade social no seu todo, por formas a se evitar danos ao ambiente e subdesenvolvimento às populações circunvizinhas que precisam manter a agricultura de subsistência e o benefício de alguns equipamentos sociais.

Durante o encontro foram também analisados pontos sobre a produção mineira e os impactos ambientais, cumprimento da responsabilidade social, e a responsabilidade da gestão dos inertes.

Tendo sido recomendado, o cumprimento escrupuloso das leis de protecção ambiental, o aproveitamento das zonas de exploração em desuso para a construção de aterros sanitários, a contratação de médicos e enfermeiros inscritos nas respectivas ordens, sendo que para expatriados, requer a confirmação da inscrição reconhecida pelos órgãos de saúde competentes.

Poderá também achar interessante