Início Economia Economia angolana aflita com exportação de petróleo em baixa

Economia angolana aflita com exportação de petróleo em baixa

por Redação

Desde 2004 que a produção petrolífera em Angola está acima de um milhão de barris por dia. Dados do Ministério das Finanças indicam que, entre Janeiro e Agosto, o nível de exportação foi em média de 1,32 milhões de barris por dia, menos 4,4% do que no mesmo período de 2019.
As exportações petrolíferas em Agosto estimaram-se em 1,13 milhões de barris por dia, sendo consideradas as mais baixas em cerca de 16 anos.
De acordo com estimativas independentes, a produção em 2019 foi de 1,389 milhões de barris por dia, e deverá manter-se próximo de 1,2 milhões de barris por dia em 2020 e 2021.
Entre Janeiro e Agosto, o preço médio de exportação foi de 42,8 dólares (-32,7%) e as receitas de exportação caíram 35,4%. As receitas fiscais, 5 mil milhões de dólares, caíram 37,5%. Ainda assim, a receita prevista no Orçamento Geral do Estado (OGE) Revisto, deverá ser alcançada entre Setembro e Outubro e o montante global ultrapassado.
Representando o serviço da dívida a maior fatia do OGE, o Ministério das Finanças tem vindo a concentrar-se em negociações com os credores bilaterais e privados para assegurar uma moratória de pagamentos, com o argumento da necessidade de libertar recursos para resposta à pandemia de Covid-19, enquanto mantém os desembolsos de tranches devidas.
O principal alívio é esperado do adiamento do serviço da dívida com entidades chinesas, em particular o Banco de Desenvolvimento da China e o EximBank, detentores de mais de um quarto da dívida pública do país.

Poderá também achar interessante