Início Ciência Segredo científico: Como ter uma memória incrível

Segredo científico: Como ter uma memória incrível

por Redação

Há poucas coisas que são tão benéficas para a sua memória quanto ter uma boa noite de sono. Entenda a causa. Se você está cansado, é difícil prestar atenção, e a memória requer atenção.

Marcelo Ribeiro*

Para lembrar das informações, você precisa prestar atenção. Se você está cansado simplesmente não consegue prestar atenção tão eficazmente como quando está descansado. Essa afirmação parece simples, mas traz à tona outra pergunta: por que você se cansa?

Você pode se sentir cansado e ter problemas para prestar atenção porque você está acordado há muitas horas e a pressão do sono está aumentando, ou — mesmo que você tire um cochilo — porque é no meio da noite e o seu ritmo circadiano (seu relógio interno) está mandando você dormir. Em ambos os casos, você terá problemas para prestar atenção, e, portanto, problemas para lembrar das coisas.

1 – Cafeína ajuda?

A cafeína bloqueia receptores químicos em seu cérebro para que, temporariamente, você não possa sentir a pressão do sono. Assim, a cafeína pode permitir que você fique mais alerta, fique mais atento e lembre-se melhor. Mas como você provavelmente sabe por experiência própria, a cafeína só pode atrasar a pressão crescente do sono, o que vai levar a um cansaço avassalador.

2 – Preparando para um novo aprendizado

Quando você aprende novas informações durante o dia, ela é temporariamente armazenada no hipocampo, uma parte do seu cérebro atrás dos olhos em forma de cavalo marinho. O hipocampo tem uma capacidade limitada de armazenamento. Se você exceder essa capacidade, você pode ter dificuldade em incorporar novas informações — ou você pode substituir uma memória antiga com uma mais nova.

Felizmente, isso comumente não acontece. Todas as noites durante o sono as conexões entre os neurônios (chamadas sinapses) encolhem para reduzir ou eliminar as memórias inúteis — como o que você comeu no café da manhã na semana passada e as roupas que você usou ontem. Esta eliminação selectiva de sinapses durante a noite prepara você para formar novas memórias no dia seguinte.

3 – Durma para consolidar memórias

O sono também nos ajuda a consolidar as memórias que queremos preservar, transferindo-as de memórias transitoriamente acessíveis para aquelas que podem ser lembradas anos depois. Memórias de factos e habilidades mostram maior retenção durante um período de 12 horas que inclui sono contra um período de 12 horas enquanto estamos acordados. Grande parte dessa consolidação ocorre durante o segundo estágio do sono, uma fase de sono leve que ocorre mais comumente nas horas anteriores a acordar. Isso significa que se você acordar cedo sem uma noite inteira de descanso, você pode estar prejudicando a sua capacidade de manter as suas memórias.

4 – Interconectando as memórias durante o sonho

Embora você sonhe em vários estágios do sono, os seus sonhos mais interessantes e vívidos geralmente ocorrem durante o sono em que ocorre o movimento rápido dos olhos (sono REM, na sigla em inglês), que tem esse nome porque os olhos se movem rapidamente, mas o corpo está paralisado. É durante o sono REM que as suas memórias recém-consolidadas se interconectam com suas memórias anteriores, incluindo as de sua vida, bem como sua biblioteca de factos e conhecimentos. Essa conexão entre suas memórias recentes e suas memórias e conhecimentos anteriores é uma das razões pelas quais você acorda com uma nova e valiosa perspectiva sobre um problema — ou talvez até mesmo uma solução completa!

Isso realmente aconteceu com Dmitri Mendeleev, que estava a lutar por meses para descobrir como os elementos atômicos deveriam ser dispostos na tabela periódica. Em um sonho que teve em 17 de Fevereiro de 1869, ele vislumbrou a localização de todos os elementos na tabela e, depois de escrever o que sonhou, realizou apenas uma única correcção pequena.

5 – Você se sentirá melhor de manhã

Você já ficou terrivelmente abalado com alguma coisa e, no dia seguinte, se sentiu (ao menos um pouco) melhor? O sono também pode desconectar as emoções ligadas a memórias dolorosas, mantendo o conteúdo da memória. Assim, você poderá se lembrar do que te chateou sem ter que reviver toda a intensidade emocional do evento.

6 – Remédios para dormir ajudam?

A melatonina não é um comrpimido comum para dormir, mas pode ajudar a regular o seu ciclo de sono se esse for o problema. Paracetamol pode aliviar pequenas dores e dores que podem deixar você de olhos abertos durante a noite. Todos os outros comprimidos para dormir, no entanto, seja prescrito ou comprado sem receita, sedam você e realmente pioram a memória, tanto o que você aprendeu naquele dia quanto o que você está tentando aprender no dia seguinte! Tratamentos não farmacológicos para o sono são de longe os melhores.

7 – Um segredo

Quer maximizar a sua memória se você está a estudar para uma prova ou concurso, se preparando para uma reunião importante ou está com ansiedade por causa de outra responsabilidade?

É mais provável que você se lembre das informações para a prova, os documentos da reunião se você passar o olho pelo material que você deseja lembrar, diariamente, por vários dias, com cada dia destes seguido por uma boa noite de sono de sete a nove horas. Durma bem! *(In HS)

Poderá também achar interessante